quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Bons momentos

Ai que saudade do tempo que brincava de amarelinha na calçada riscada com giz, da casa da minha avó. Quando andava de bicicleta arrodeando minha rua. Quando as minhas bonecas faziam aniversario. Quando reunia as amigas pra cantar no karaokê.
Queria voltar ao tempo que não conhecia as coisas ruins da vida, que não entendia uma bronca, que não precisava sair da sala quando meus pais iriam conversar algo, que a palavra "amizade" permanecia no meu vocabulário. Que pena que esses momentos nunca irão voltar. Eu era feliz e não sabia...


                                                                                             Raissa Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário